expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - LIFAN

JET MOTORS - LIFAN
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Alckmin decide cancelar pedágio na SP 79 entre Votorantim e Piedade e os demais na região de Sorocaba

foto :internet
O governador Geraldo Alckmin (PSDB) telefonou para a redação do Cruzeiro do Sul na tarde desta quinta-feira (25), por volta das 16h30, para informar que determinou a suspensão da concessão da SP-264 e a consequente implantação de praças de pedágios naquela rodovia e também na SP-79 km. 104.

(Matéria publicada no site do Jornal Cruzeiro do Sul nesta quinta-feira - 25/02) -

Confira os pedágios cancelados: No lote B, a lista traz a instalação de pedágio em Sorocaba (km 66 – SP 079), Votorantim (km 104 – SP 079), São Miguel Arcanjo (Km 168 – SP 250), Capão Bonito (km 230 – SP 250), Salto de Pirapora (km 114 – SP 264), Pilar do Sul (Km 140 – SP 264) e Vinhedo (km 77 – SP 234).

Alckmin havia prometido, em abril de 2011, que não seriam implantados pedágios na SP-264, cujo trecho entre Sorocaba e Salto de Pirapora está sendo duplicado com verbas do governo do Estado.

Entretanto, como informou o Cruzeiro do Sul na última quarta-feira (24), a SP-264 acabou sendo incluída no novo pacote de concessões do governo do Estado, cujos editais devem ser lançados a partir de abril. O pacote previa a implantação de duas praças de pedágio na rodovia, entre Sorocaba e Salto de Pirapora (km 114) e entre Salto de Pirapora e Pilar do Sul (km 140).

A notícia, com o título "Volta atrás - Alckmin quebra promessa e agora SP-264 terá pedágios", gerou indignação no meio político e rendeu duras críticas ao governo do Estado, inclusive deste jornal, que cobrou o cumprimento da promessa.

No telefonema à redação do Cruzeiro, o governador assegurou que não haverá mais a concessão de todo o lote B, o que inclui outros trechos da SP-264. "Realmente, eu estava certo quando afirmei anteriormente que não deveria haver pedágios nessa rodovia. Ela tem características muito urbanas, já que as cidades estão muito próximas, e o trânsito é um trânsito muito urbano. Além disso, acredito que também economicamente poderia não ser viável a concessão", declarou o governador.


Enfatizando que o lote B está "encerrado", o governador concluiu: "Vamos terminar a duplicação e vamos entregar, sem pedágios."

Fonte: http://www.jornalcruzeiro.com.br/materia/679051/alckmin-decide-parar-concessao-e-cancela-pedagios-na-sp-264

Um comentário:

  1. Parabéns ao governador por tomar essa decisão eficaz no problema que é hj o trecho de Votorantim que é uma calamidade aos carros de passeio e motos.
    Porém os encarregado desse planejamento da reforma da rodovia deve tornar o trajeto dos caminhões separados dos automóveis passeio, pois se não tomada uma solução nessa ordem e divisão de veículos leves e pesados, todo o investimento será desperdiçado.

    ResponderExcluir