expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - LIFAN

JET MOTORS - LIFAN
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

Dois homens presos acusados de violentar jovem de 18 anos

Dois indivíduos foram presos pela Polícia Militar na tarde deste domingo (31), sob a acusação de terem estuprado uma jovem de 18 anos de idade que possui transtornos mentais e a terem proibido de sair da casa onde se deu a violência sexual. O Delegado de Polícia os indiciou por estupro e cárcere privado.


Às 15h50min deste domingo, os Policiais Militares Cabo Gianon e Soldado Campestrini foram acionados para comparecer à Santa Casa de Misericórdia de Piedade, onde uma moça de 18 anos de idade portadora de deficiência mental, vítima de violência sexual, havia dado entrada.

A estudante relatou que na noite de sábado (30) foi à casa de seu ex-namorado, um borracheiro de 28 anos, nos Paulas e Mendes e lá teria sido forçada a manter relações sexuais com um amigo dele, um pedreiro de 37 anos. A vítima, que apesar sua deficiência mental possui vida sexual ativa desde os 16 anos, contou ainda que para o ato sexual fosse consumado pelo pedreiro, seu ex-namorado a segurou pelos braços e teve sua boca tampada para que não gritasse por socorro. 

A jovem contou  que acabou por dormir naquela residência, uma vez ter sido impedida de deixar o imóvel. Pela manhã também os acusados não permitiram que ela fosse embora. Somente à tarde, por volta das 14 horas do domingo, a vítima conseguiu ligar para usa mãe, contar o que havia acontecido e após algum tempo a sua progenitora foi buscá-la e a levou para a Santa Casa. Não foram constatadas lesões corporais na jovem, porém, diante de seus relatos, os policiais militares seguiram à casa do ex-namorado da moça e lá estavam os dois acusados de estupro, os quais negam a acusação. 

Ao tomar ciência da ocorrência e ouvir as partes envolvidas o Delegado de Polícia Dr. Oscar Garcia Machado Júnior determinou que os dois indivíduos fossem indiciados por flagrante de estupro e cárcere privado e encaminhados para a Cadeia de Pilar do Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário