expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

COISAS DA FABY

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

UAC INFORMÁTICA - Soluções para você e sua empresa

terça-feira, 30 de agosto de 2016

Polícia Militar prende marginais que tentaram assaltar posto de combustíveis

REvóvler e seis munições apreendidas com os acusados 
de tentativa de roubo
Foto: Bom Dia Piedade
Dois homens com passagens anterior por roubo, foram presos pela Polícia Militar com apoio da Polícia Rodoviária, após tentarem assaltar um posto de combustíveis na rodovia SP-79, bairro Liberdade. O indivíduo que dirigia o carro estava embriagado, atravessou toda cidade de Piedade na tentativa de fugir, mas, ele e seu comparsa foram presos perto do trevo da usininha.

À 0h32min desta terça-feira (30), os Soldados Campestrini e Almeida faziam patrulhamento pela rua Capítão Moraes, bairro Cotianos, quando cruzaram com um Gol I 'bolinha' azul com placas de Votorantim que trafegava no sentido oposto, desconfiaram da atitude dos dois homens que estavam no carro, deram ordem de parada, mas, o motorista acelerou e iniciou e fugiu em lata velocidade em direção ao centro de Piedade. Os Policiais Militares, que ainda desconheciam a tentativa de assalto ao posto de combustíveis, deram meia-volta e foram atrás do carro com os suspeitos.

A informação sobre o carro em fuga foi transmitida via rádio, com isto uma outra viatura da PM com o Cabo Gianon e o Soldado Custódio e uma equipa da Polícia Rodoviária, composta pelo Cabo Jefferson e pelo Soldado Minitti, vieram em apoio à ocorrência, pois que as autoridades policiais haviam recebido denúncia de que dois indivíduos que estavam num carro igual àquele estariam armados e tinham tentado assaltar o posto à margem da SP-79, próximo ao Alto de Piedade.

O Gol atravessou a cidade, seguiu pela Via Antonio Leite de Oliveira, até que, próximo ao trevo da usininha, o veículo saiu da pista e bateu contra uma canaleta de água pluvial junto à pista de caminhada. Os ocupantes do carro foram abordados e um revólver calibre 32 com seis projéteis (um deles deflagrado) foi encontrado próximo ao carro dos suspeitos. 

O ajudante geral H. A. F., 32 anos, morador do bairro Garcias, sofreu ferimentos na boca e rosto. Ele disse tinha ido num bar no bairro dos Pintos onde tomou umas cervejas e voltava para casa quando encontrou com a viatura da PM. O mecânico A. M., 33 anos, que estava no banco do passageiro alegou que trabalha numa oficina nos Pintos, tinha feito um reparo mecânico no Gol de Higor, que no final da tarde foi pagá-lo e foram tomar cerveja num bar daquele bairro.

Apesar da negativa da dupla quanto à autoria da tentativa de roubo, uma testemunha apontou-os como os dois autores do delito e reconheceu a arma usada por um deles. Esta pessoa disse que o Gol I 1996 azul encostou junto a uma bomba de combustível e quando o funcionário chegou junto à porta do carro, o motorista apontou um revólver cromado e, aos gritos, ele e o indivíduo que estava a seu lado exigiam que a vítima entregasse todo dinheiro que tivesse no caixa. O assalto só não foi consumado porque um outro veículo adentrou ao pátio do posto e os marginais fugiram do local em direção a Piedade. Cerca de dois quilômetros dali cruzaram com a viatura da PM e foi quando teve início a perseguição que resultou na prisão da dupla.

H. A. F. foi submetido ao teste do etilômetro, cujo aparelho aferiu a proporção de 0,60 miligramas de álcool por litro de ar nos pulmões (o mínimo para ser preso é de 0,30mg/lt). Ele e A.M. foram presos conduzidos à Delegacia de Polícia de Piedade, onde o Delegado Dr, Milton Andreolli determinou que o ajudante geral H. A. F. fosse indiciado por roubo (tentado), porte ilegal de arma e embriaguez ao volante. Já o mecânico A.M. foi indiciado por prote ilegal de arma e pela tentativa de roubo. Os dois foram transferidos para o Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. 

Um comentário:

  1. Equipe é isso ai, a união em defesa da população, parabéns enquanto a policia for enérgica muitos ladroes que ainda se encontram no ´armário´ vão pensar um pouco mais antes de agir, contudo no momento estão no lugar certo.

    ResponderExcluir