expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

RESIDENCIAL MAENO - PRONTO PARA RECEBER VOCÊ E SUA FAMÍLIA!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Motoqueiro bêbado é preso pela Polícia Rodoviária

Um agricultor de 21 anos de idade foi preso pela Polícia Militar Rodoviária após passar em alta velocidade com uma moto em frente à base operacional da corporação,. Embriagado o jovem desobedeceu ordem de parada, ofendeu e ameaçou policiais.

Os fatos tiveram início por volta das 18 horas do domingo (30). Os Policiais Rodoviários Cabo James e Soldado Minitti estavam na base operacional da PMR junto à SP-79, bairro Liberdade, quando viram uma moto passar em alta velocidade sentido Piedade/Tapiraí. Além de trafegar em velocidade excessiva, o condutor tampou a placa do veículo com uma das mãos.

Os policiais seguiram a motocicleta, até que o motoqueiro se desequilibrou e caiu no acostamento da rodovia. De pronto foi possível perceber o estado de embriaguez do indivíduo. Efetuado teste do etilômetro foi constatado o alto grau de alcoolemia  que o rapaz se encontrava, pois, o aparelho acusou a  proporção de 1,30 miligramas de álcool por litro de ar alveolar. O mínimo previsto em lei para determinar a prisão de um condutor de veículo motorizado é de 0,33 miligramas. A motocicleta estava com o  licenciamento vencido desde 2009. 

Quando os policiais deram voz de prisão ao jovem agricultor, este passou a xingar e ameaçá-los. Conduzido à Delegacia de Polícia, o Delegado Dr Milton Andreolli determinou que fosse indiciado por embriaguez ao volante, resistência, desacato e por trafegar em velocidade incompatível. Não foi estipulada fiança. Após elaboração do flagrante o agricultor foi conduzido a uma unidade prisional da região. A motocicleta foi apreendida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Identidade Visual

Identidade Visual