expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

COISAS DA FABY

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

UAC INFORMÁTICA - Soluções para você e sua empresa

sábado, 26 de novembro de 2016

Homem é morto e jogado no rio Pirapora - Polícia Militar prendem casal suspeito de participar do homicídio

Autor do homicídio
chega à delegacia

Foto: Bom Dia Piedade
Um casal foi preso pela Polícia Militar sob a acusação de ter espancado um homem até a morte e o jogado no rio Pirapora, na rotatória junto à Praça da Bandeira, ao final da madrugada deste sábado (26). A prisão dos autores do homicídio se deu menos de uma hora depois do crime. Um outro rapaz que esta´foragido teria participado do espancamento.


De acordo com informações obtidas junto à Polícia Militar, às 5h05min deste sábado o Cabo Dias e o Soldado Roberto foram acionados pelo COPOM para averiguar uma briga entre um grupo de pessoas que estaria ocorrendo na rotatório Antônio Abdiel Tardelli, porém, ao chegarem no local não havia ninguém por ali. Logo em seguida ao passarem pela rua Comendador Parada, em frente à agência do Banco do Brasil, os policiais viram dois homens e uma uma mulher caminhando pela calçada, os abordaram e os questionaram sobre a confusão.

Corpo da vítima ficou sob a ponte
da rotatória

Foto: Bom Dia Piedade
Os três disseram que realmente tinham brigado com um rapaz, mas, que a vítima teria fugido correndo pela marginal em direção à Vila Maria a fim de escapar dos agressores. O trio foi revistado, nada de ilícito foi encontrado com eles e os militares os liberaram, porém, continuaram averiguando os fatos porque ficaram desconfiados da história apresentada pelos suspeitos.

Foram feitas averiguações no possível trajeto que a vítima poderia ter feito, contudo, ninguém foi localizado. Ao passarem novamente pela rotatória no início das avenidas marginais, os policiais viram manchas de sangue na mureta interna e no asfalto. Ao olharem para o rio viram o corpo parcialmente submerso, com as pernas e o dorso aparentes e a cabeça dentro da água.
Willian Rogério de
Oliveira Morita

Foto: Bom Dia Piedade

Imediatamente foi dado início às buscas ao trio que havia confessado ter agredido o homem morto. Como não os encontraram, o Cabo Dias e o Soldado Roberto seguiram para o bairro Ciríaco, pois, que um dos indivíduos abordados já era conhecido nos meios policiais por delitos praticados quando era menor de idade. Ao chegarem na casa do diarista J. V. S., 20 anos, e foram informados que ele deveria estar  na casa de sua namorada, na Vila Amâncio.

De fato lá estava o casal. Ambos dormiam e ao receberem voz de prisão, ainda no quarto. J. V. partiu para cima dos policiais, entrou em luta corporal, acabou sendo dominado, assim como sua namorada, uma autônoma S. C. M., 21 anos. Os Guardas Civis Municipais Souza e Fernando deram apoio aos PMs.Os dois foram presos e conduzidos à Delegacia de Polícia de Piedade onde confessaram ter matado a socos e chutes Willian Rogério de Oliveira Morita, 31 anos, morador da Vila Maria, por motivos banais. O terceiro indivíduo que participou do homicídio não foi localizado. A polícia não revelou o nome do suspeito que está sendo procurado. 

Aglomeração junto à rotatória no  momento da
retirada do corpo da vítima do rio
Foto: Bom Dia Piedade
A rotatória ficou parcialmente interditada até a chegada dos peritos da Polícia Científica. O corpo foi retirado do rio Pirapora pelo Corpo de Bombeiros por volta das 9h15min e será encaminhado pela Organização Lemes Funerária ao Instituto Médico Legal de Sorocaba para realização do exame necroscópico que vai definir se Morita morreu em razão do espancamento sofrido ou por afogamento. Até o momento da publicação desta matéria a ocorrência estava em andamento na delegacia de polícia. O Delegado Dr. Milton Andreolli determinou o indiciamento do casal por homicídio.



Policiais Militares e GCMs em frente à delegacia
Foto: Bom Dia Piedade

GCM preserva o local onde a vítima foi arremessada
no rio Pirapora
Foto: Bom Dia Piedade










Nenhum comentário:

Postar um comentário