expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

RESIDENCIAL MAENO - PRONTO PARA RECEBER VOCÊ E SUA FAMÍLIA!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Estou com dificuldade para fazer atividades que costumava realizar, e agora?

Esta é uma preocupação que motiva muitas pessoas a procurarem os médicos, pois começam a se tornar mais dependentes de familiares ou amigos. O que nem sempre é de conhecimento do público em geral é que o terapeuta ocupacional pode auxiliar nesse processo.


Existem muitas causas que podem ser as razões dessas dificuldades motoras; o processo de envelhecimento, por si só já compromete a independência ou a agilidade para realizar as atividades cotidianas. Outro exemplo são as doenças neuromotoras, como é o caso da Esclerose Lateral Amiotrófica ou das atrofias musculares progressivas. Essas, por sua vez, afetam o neurônio motor (célula responsável pelo controle dos músculos voluntários do corpo), ou seja, mesmo que a pessoa queira movimentar o braço para pegar um objeto ela apresenta dificuldade ou não consegue.

Diante disto, pensando no repertório de atividades que uma pessoa precise realizar no seu dia, se ela está com alguma limitação motora irá necessitar de ajuda de outro para vestir-se, comer, tomar banho, o que no caso de uma pessoa com vida anteriormente ativa, pode inclusive, comprometer sua participação social, ou seja, a pessoa evita sair de casa. Antes que o processo de isolamento inicie, é importante que a pessoa, ou os que o rodeiam, busque ajuda adequada, a fim de minimizar as dificuldades e potencializar as capacidades de autonomia e independência que essa pessoa tenha.

Um dos recursos utilizados pelo terapeuta ocupacional é a Tecnologia Assistiva. De acordo com a avaliação das necessidades de cada pessoa, o terapeuta ocupacional verifica qual dos recursos de tecnologia assistiva pode facilitar sua independência tanto em atividades de autocuidado, quanto nas de trabalho. 

Para citar um exemplo que possa esclarecer, o uso do computador atualmente é de fundamental importância no cotidiano, seja para lazer ou para trabalhar. Uma pessoa que apresente dificuldade em usar o computador, devido à esclerose lateral amiotrófica, o terapeuta ocupacional pode, em atendimento, verificar a possibilidade de utilizar programas de computador que captam o movimento da cabeça e dos olhos para que a pessoa possa substituir a digitação comum, movimentação do mouse pela tela e cliques, proporcionando sua independência. 

É válido ressaltar que algumas dificuldades podem ser temporárias e outras progressivas, ou seja, os recursos precisam ser reavaliados constantemente pelo terapeuta ocupacional para que sempre estejam adequados às necessidades de seu usuário.

Para obter mais informações ou tirar dúvidas: Contatos: lepreterapiaocupacional@gmail.com
ou pelos telefones. (15) 3299-1318 ou (15) 99672-8268.


Autora desse artigo: Drª Priscila Lepre – terapeuta ocupacional CREFITO 3 – 11122TO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Identidade Visual

Identidade Visual