expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

RESIDENCIAL MAENO - PRONTO PARA RECEBER VOCÊ E SUA FAMÍLIA!

O que sempre foi bom fica melhor ainda no Feirão Jet Motors.

O que sempre foi bom fica melhor ainda no Feirão Jet Motors.
IMPERDÍVEL!

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Dentista

Dentista

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Família de piedadense internado no Hospital Regional cai no "golpe do exame"

Uma família que reside num bairro rural de Piedade teve prejuízo de mais de 1 mil no "golpe do exame", aplicado por um indivíduo que se passou por médico do Hospital Regional de Sorocaba. Este tipo de crime é aplicada em familiares de pessoas internadas em vários hospitais, as quais acabam sendo ludibriadas pelo desespero em que se encontram. Estelionatos desta têm se tornado cada vez mais comum e portanto, é preciso que as pessoas estejam atentas à ação destes vigaristas. Trata-se do segundo caso de golpe desta natureza cujas vítimas são piedadenses com parente internado em hospital de Sorocaba.


Conforme relatado em boletim de ocorrência registrado na Delegacia de Polícia de Piedade, a irmã de um rapaz que encontra-se internado no Hospital Regional de Sorocaba recebeu o telefonema de um homem que se identificou como médico daquela unidade hospitalar. Tal pessoa disse que o irmão dela precisaria ser submetido com urgência a um exame nos pulmões, mas, que se fosse aguardar pelo a liberação do SUS, tal procedimento iria demorar muito, colocando a vida do paciente em risco. 
CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIÁ-LA

A solução seria pagar R$ 1.180 pelo exame particular. O paciente é um jovem piedadense que sofreu acidente de moto há alguns meses e aguarda por uma cirurgia naquela unidade hospitalar. A informação foi passada ao pai do rapaz internado que, na ânsia de resolver a situação, acabou seguindo as orientações do estelionatário, efetuando assim o depósito da quantia exigida numa conta bancária em nome de um homem.  A transação se deu na manhã desta segunda-feira (5). 

Mais tarde, alguns familiares do paciente se dirigiram ao Hospital Regional para saber sobre a realização do tal exame e então souberam que se tratava de um golpe, pois, foram informados que nenhum procedimento ali efetuado pode ser cobrado do paciente ou de sua família. Os estelionatários aproveitam-se do estado emocional abalado face à fragilidade da situação que a família se encontra para tirar dinheiro destas pessoas. O caso segue sob apuração por parte da direção do hospital e da Polícia Civil.

Importante alertar que a unidade de saúde (no caso o Hospital Regional, mas, este tipo de golpe é aplicado em familiares de pacientes de vários outros hospitais) não cobra nenhuma quantia por qualquer atendimento ou procedimento feito pelo hospital ou Pronto-Socorro, pois seus serviços são 100% SUS, bem como orientam que o cidadão que receber este tipo de ligação deve informar a tentativa de golpe ao hospital e prestar queixa (B.O.) junto à Polícia Civil. 

Caso algum acompanhante, familiar, receber algum tipo de telefonema com esse objetivo, de fazer depósitos em contas bancárias, não façam. Dirijam-se até à recepções da unidae hospitalar e relate o problema para que a direção possa apurar o o caso e tentar identificar o autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário