expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - LIFAN

JET MOTORS - LIFAN
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Motociclista é detida pela PM com porções de maconha

Embalagens identificadas com
o nome científico e a logomarca
do distribuidor
Foto: Polícia Militar
Uma mulher de 24 anos de idade foi detida pela Polícia Militar com duas porções de maconha no centro da cidade.

Às 9h59min desta sexta-feira (13) os Soldados Renata e Gabriel em patrulhamento rotineiro pela rua General Valdomiro de Lima, quando avistaram uma jovem que, segundo os Policiais Militares, demonstrou nervosismo ao avistar a viatura. Efetuada a abordagem e revista da moça, foram encontradas duas porções de maconha em sua mochila e R$ 2 em um de seus bolsos.

A suspeita de 24 anos de idade alegou ser usuária e que teria comprado o entorpecente em Sorocaba. De acordo com os policiais que efetuaram a abordagem foram denúncias junto à PM de que aquela mulher usaria sua motocicleta para vender entorpecentes. 

A motoqueira foi conduzida à Delegacia de Polícia, onde o Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior entendeu não ter sido caracterizado tr[afico, mas, apenas o porte de entorpecentes. Após elaboração do TCO (termo circunstanciado de ocorrência), a moça foi liberada. A maconha (cannabis sativa) foi apreendida e o dinheiro devolvido a ela.

Um comentário:

  1. Eu não consigo entender o nosso código penal. Se eu compro um CD pirata ( e portanto estou incentivando o crime ),eu posso ser preso ou ter que pagar multa. Mas se eu compro maconha ( e também estarei incentivando o crime ), não tem problema nenhum. Estou certo ou li errado?

    CP - Decreto Lei nº 2.848 de 07 de Dezembro de 1940
    Art. 180 - Adquirir, receber, transportar, conduzir ou ocultar, em proveito próprio ou alheio, coisa que sabe ser produto de crime, ou influir para que terceiro, de boa-fé, a adquira, receba ou oculte: (Redação dada pela Lei nº 9.426, de 1996)
    § 3º - Adquirir ou receber coisa que, por sua natureza ou pela desproporção entre o valor e o preço, ou pela condição de quem a oferece, deve presumir-se obtida por meio criminoso: (Redação dada pela Lei nº 9.426, de 1996)
    Pena - detenção, de um mês a um ano, ou multa, ou ambas as penas. (Redação dada pela Lei nº 9.426, de 1996)

    ResponderExcluir