expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

RESIDENCIAL MAENO - PRONTO PARA RECEBER VOCÊ E SUA FAMÍLIA!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

sábado, 4 de fevereiro de 2017

Prefeitura e Santa Casa dão início a mutirão para acabar com a fila de espera de mais de 1.600 ultrassons

Objetivo da nova pactuação entre Prefeitura e Santa Casa
é zerar a fila de espera de ultrassons em alguns meses 

Foto: Assessoria e Comunicação - PMP
A Prefeitura de Piedade e a Santa Casa de Misericórdia firmaram novo pacto para realização de exames de ultrassonografia (ultrassons). Pelo novo convênio acordado entre o número deste tipo de procedimento deverá aumentar em pelo menos 50%. A medida visa acabar com a fila de espera, na qual alguns pacientes chegam a ficar anos a fio esperando pela realização do tão necessário exame. Um alerta da Secretaria de Saúde é para que os pacientes que aguardam pelo ultrassom fiquem atentos ao contato que será feito para agendar a data do procedimento.

Há cinco anos a prefeitura repassa recursos financeiros para a Santa Casa de Misericórdia de Piedade, que desde então está encarregada do pronto-atendimento e das emergências por 24 horas ao dia, nos sete dias da semana. Segundo Samuel de Almeida Correia, provedor da Santa Casa, a atual administração municipal reajustou em 8,6% o repasse à entidade, que passará a receber mais de R$ 760 mil por mês para prestar o serviço à população. 

Com esse reajuste, a entidade dará continuidade não só ao pronto-atendimento e outros serviços prestados, como também foi firmado novo compromisso entre a prefeitura de Piedade e a Santa Casa para realização de um mutirão, o qual tem por finalidade zerar a demanda, ou seja, acabar com a fila de espera dos exames de ultrassom pendentes na rede municipal de saúde. Anteriormente já havia um convênio firmado entre a Santa Casa e a Secretaria de Saúde. 

Até janeiro deste ano de 2017 eram realizados 60 exames ao mês. A partir deste mês de fevereiro serão 70 ultrassons na primeira quinzena e, conforme informado ao Blog Bom Dia Piedade pelo administrador da Santa Casa, Sílvio Novaes Garcia, este número chegará a pouco mais de 100 neste mês com a realização de exames em um dos sábados de fevereiro. A partir do mês de março os procedimentos serão feitos em dois sábados, assim o total de ultrassons mensais deverá chegar a cerca de 140/mês. Acredita-se que a fila de espera deva acabar em poucos meses, até porque muitos pacientes podem ter se submetido aos exames em clínicas particulares, uma vez que não puderam esperar pelo procedimento através do SUS.

Na quinta-feira, 2 de fevereiro, dia em que teve início o mutirão, a fila de espera para a realização de ultrassonografias totalizava 1.656 pacientes, são pessoas que aguardam a meses, em vários casos há anos, pela realização de seus exames. 


Deste total são vários tipos de ultrassons (Usg): 

  • Usg. Abdomen total -      370
  • Usg. Transvaginal -         410
  • Usg. Próstata  -               140
  • Usg. Aparelho Urinário - 179
  • Usg. Articulações -          420
  • Usg. Tireóide -                   20
  • Usg. Inguinal (virilha) -       27
  • Usg. Mamária -                  90
                                     Total - 1.656 

Contato por telefone - É muito importante alertar àqueles pacientes que deixaram seus pedidos de ultrassonografia na central de vagas do ambulatório municipal para aguardem as ligações e fiquem atentos, pois muitas vezes não é possível contatar o paciente por que não atendem o telefone ou o recado - quando é o caso - não chega até a pessoa que precisa fazer o procedimento.

Segundo a responsável pela central de vagas, às vezes as pessoas deixam um número telefone para contato de difícil acesso ou que impossibilitam a devida comunicação. São celulares que não tem sinal ou outro tipo de problema que impossibilita a realização do comunicado e assim perdem a vez de fazer o exame e, para realizarem os exames estes pacientes terão que retornar com novo pedido médico caso percam o aviso. Quando isto ocorre outros pacientes podem ser prejudicados por não serem submetidos ao ultrassom.
Central de Regulação de Vagas. 


A convocação dos pacientes que farão o exame é feita por funcionários da Santa Casa e deverá ser seguida fielmente a lista de espera fornecida pela central de vagas da Secretaria de Saúde, sendo obedecida a data do pedido do procedimento, ou seja, os casos mais antigos terão que ser chamados primeiro.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Identidade Visual

Identidade Visual