expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - Confiança no melhor negócio!

JET MOTORS - Confiança no melhor negócio!
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR!

terça-feira, 7 de março de 2017

Novos casos de furto na cidade e na zona rural de PIedade

Quatro casos de furto - ocorridos na cidade e na zona rural - tiveram suas queixas registradas na Delegacia de Polícia nesta terça-feira (7). Um dos casos foi característico da ação de batedor de carteira num ponto de ônibus. Número reduzido de Policiais Civis dificulta apuração dos crimes.


Na Bateia de Cima, em 22 de fevereiro, ladrões desmontaram um transformador de energia de 75 quilowatts de potência para a retirada do cobre de seu interior e levaram ainda o padrão de  energia com 30 metros de cabo de uma propriedade. Na rua Sete de Setembro, na segunda-feira (6), uma residência foi invadida mediante arrombamento e de lá formam surrupiados um televisor AOC 43 polegadas smart, três frascos de perfume e um par de tênis Nike air max feminino (34) preto e salmão.

Também na segunda-feira, ao chegar em sua casa num bairro da zona rural de Piedade, uma aposentada de 68 anos se deu conta de que alguém havia retirado uma pequena bolsinha de dentro de sua bolsa, onde estavam guardados cartões bancários, documentos pessoais e a quantia de R$ 240. A vítima acredita que o furto se deu por volta das 17h30min enquanto ela aguardava no ponto de ônibus da rua Araújo Leite, local de aglomeração de pessoas, o que favorece a ação de batedores de carteira. 

O quarto caso de furto se deu no último final de semana, num estabelecimento no centro da cidade, contudo, a vítima não quer que o fato seja divulgado. Os delitos seguem sob apuração por parte da Polícia Civil, que, assim como ocorre em todo estado de São Paulo, Piedade conta com um número bastante reduzido de agentes, o que dificulta em muito a apuração do volume de crimes que ocorrem no município.



Nenhum comentário:

Postar um comentário