expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

Lifan X60

Lifan X60
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

segunda-feira, 24 de abril de 2017

Polícia Militar divulga números finais da operação Direção Segura do DETRAN

Sete motoristas foram autuados por dirigirem
embriagados
Foto: Bom Dia Piedade
A Polícia Militar revisou os dados publicados no domingo pelo Blog Bom Dia Piedade, quanto à operação Direção Segura, realizada das 20 horas do sábado (22) até às 3:00 horas do domingo (23). Agentes do DETRAN - órgão  responsável pela execução das ações - distribuíram bafômetros descartáveis a todas pessoas que foram abordadas. Todos policiais, civis ou militares trabalharam em horários extras, portanto, o patrulhamento e as funções de investigação ou qualquer outra de responsabilidade das forças policiais não sofreram qualquer prejuízo, seguiram sendo executados normalmente antes, durante a após a operação, segundo as autoridades do setor..

O número de veículos e condutores abordados foi confirmado como 90 automóveis e 11 motocicletas. Sete motoristas foram autuados com base no artigo 165 do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê punição a quem dirige sob efeito de bebida alcoólica. Três por se recusarem a fazer o teste e quatro que assopraram o bafômetro cujo aparelho acusou a presença de álcool no hálito destas pessoas. Depois um outro aparelho afere a quantidade de álcool no organismo da pessoa, porém, uma determinação do DETRAN prevê que estes condutores devem ser novamente submetidos ao etilômetro 15 minutos após a primeira aferição. 
Bafômetros descartáveisforam 
distribuídos por
agentes do DETRAN

Foto: Bom Dia Piedade

Passados estes 15 minutos os quatro motoristas foram novamente submetidos ao teste. Três estavam com índice de alcoolemia abaixo de 0,33 miligramas de álcool por litro de ar alveolar (mg/lt) e um quarto condutor apresentou a proporção de 0,49 mg/lt, foi conduzido à Delegacia de Polícia de Piedade, foi exigida contra-prova na amostra de sangue do infrator e após colhido o material que será analisado o motorista foi liberado para responder ao processo em liberdade. Todos os procedimentos de averiguação da alcoolemia nos motoristas e motociclistas era de responsabilidade dos agentes do DETRAN. Os policiais executavam suas ações conforme o resultado de tais exames. 

As autuações nestes casos tem valor monetário de R$ 2.934,70. Além da multa estes condutores tiveram sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Um destes motoristas estava sem a sua CNH e levou mais uma multa por não portar sua habilitação e os outros seis tiveram suas habilitações apreendidas. No total 11 pessoas foram submetidas ao bafômetro e passaram pelo teste, sete estavam comprovadamente sóbrias e devidamente habilitadas para dirigir os carros conduzidos pelos motoristas autuados que ficaram impossibilitados de dirigir, no caso, sete pessoas.

Ação não reduz o número de policiais no patrulhamento - Segundo o 2º Sargento Clóvis, do Pelotão da Polícia Militar de Piedade, a operação Direção Segura é de responsabilidade do DETRAN do Estado de São Paulo, que marca uma data com antecedência de cerca de dois anos, comunica os comandos das Polícias Civil e Militar, que designam as equipes para dar segurança aos agentes de trânsito na execução da ação, que visa conscientizar a população sobre os perigos e consequências de dirigir sob efeito de bebida alcoólica. Estas operações são realizadas em todo estado, geralmente aos finais de semana ou em eventos de grande porte, como por exemplo, na Festa do Peão de Barretos onde a Operação Direção Segura se dá durante todos os dias do evento.

O órgão de trânsito é responsável pela execução das ações. A Polícia Militar, que neste sábado (22) contou com efetivo de 25 homens e mulheres, a Polícia Civil, Corpo de Bombeiros e Polícia Científica são convocados para prestar apoio aos agentes do DETRAN. 

Todos policiais que participaram da ação atuam em horários extra, ou seja, o desempenho rotineiro de suas funções não é alterado, com isto o patrulhamento preventivo, ostensivo, atendimento de ocorrências e  outras incumbências das autoridades da área de segurança pública não sofrem nenhum prejuízo, segundo as autoridades policiais.
               
                                                                         PUBLICIDADE

Nenhum comentário:

Postar um comentário