expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

UAC INFORMÁTICA - Soluções para você e sua empresa

quarta-feira, 10 de maio de 2017

Jovem que estava desaparecida foi morta por estrangulamento

Dayane foi morta por
estrangulamento
Foto: Perfil pessoal Facebook
O motivo do homicídio seria o término do namoro entre os dois. Segundo a Polícia Civil, Dayane Dias de Moraes, 25 anos, residente no bairro Moreiras, foi assassinada pelo ex-namorado na noite desta terça-feira (9). A moça estava desaparecida desde então. O rapaz estaria inconformado com o fim do relacionamento do casal.

Segundo as autoridades policiais, na tarde de segunda-feira (8) Dayane esteve na Delegacia de Polícia de Piedade para relatar que tinha emprestado sua Yamaha Cripton T115 2014 branca para o seu ex-namorado, para que ele fosse embora para sua casa no bairro Garcias. Somente na segunda-feira (8), por volta das 15 horas, o indivíduo de 22 anos de idade apareceu na casa dela para devolver a moto, porém, ele queria que a vítima o levasse para sua casa. 

A moça não concordou em dar carona, disse para ele pegar um ônibus. Insatisfeito com a resposta negativa recebida o jovem impediu que Dayane guardasse o veículo, arrancou a chave da mão dela, ligou a moto e deixou o local. Mais tarde a auxiliar de produção ligou para o ex-namorado pedindo para que ele devolvesse a Yamaha, contudo, ele disse que só o faria se ela lhe pagasse pelos dias que teria trabalhado na construção da casa onde morariam quando casassem. Não houve acordo e na tarde daquela segunda-feira, a vítima prestou queixa de apropriação indébita do veículo. A Polícia Civil efetuou buscas no sentido de recuperar o veículo e deter o autor, mas, o rapaz não foi localizado.

Na noite de terça-feira (9), por volta das 21h30min, duas testemunhas viram Dayane pilotando a motocicleta e o suspeito na garupa. Eles desciam a rua Mário Brand Rosa em direção ao centro da cidade. Depois disto Dayane não foi mais vista pelos familiares e amigos. Algumas horas mais tarde foram enviadas mensagens pelo WhatsApp da vítima, as quais teriam sido redigidas pelo ex-namorado.

Na manhã desta quarta-feira (10), familiares e vizinhos de Dayane foram à Delegacia de Polícia para dar conta do desaparecimento da jovem. Com os fatos narrados pelas testemunhas o Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior determinou prioridade no esclarecimento do caso, pois, temia-se que pudesse se tratar de eventual sequestro, cárcere privado ou até mesmo o homicídio. 

Corpo da vítima estava junto a uma
estrada de servidão nos Garcias
Foto: Blog Bom Dia Piedade
Segundo a Polícia Civil, por volta das 16h30min, na Delegacia de Polícia, perante o Delegado e demais agentes policiais, o rapaz  confessou que havia matado sua ex-namorada por estrangulamento - ele  teria usado a blusa da jovem para esganá-la - junto a uma estrada se servidão, num local ermo, no bairro dos Garcias. O autor confesso do homicídio foi quem indicou o local onde se deu o homicídio, no mesmo lugar em que estava o corpo de Dayane.

Agentes da Polícia Civil com apoio da Guarda Municipal preservaram o local onde o cadáver da jovem foi localizado, até a chegada do peritos da Polícia Científica. O suspeito preso responderá por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. O corpo de Dayane Dias de Moraes foi levado ao Instituto Médico Legal para realização do exame necroscópico que definirá a causa da morte. Ainda não há informações sobre o velório e o sepultamento da jovem. O acusado foi preso em flagrante e seria transferido para uma unidade prisional da região. 

Todas as pessoas - familiares, amigos e vizinhos - com quem a reportagem do Blog Bom Dia Piedade conversou relataram que Dayane era uma moça muito séria, obstinada, digna, que levava uma vida voltada à família, ao trabalho e à igreja.

Um comentário:

  1. Eu a conhecia, tenho certeza que está no céu.
    Que Deus conforte a família e os amigos

    ResponderExcluir

Identidade Visual

Identidade Visual