expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

COISAS DA FABY

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!

Na JET MOTORS você tem a certeza do melhor negócio!
Consulte também os planos de consórcio

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

UAC INFORMÁTICA - Soluções para você e sua empresa

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Motorista é pego pela Polícia Rodoviária na SP-79 ao volante de Brasília em altíssimo grau de embriaguez na SP-79

Comprovante do
grau de embriaguez
do motorista
Foto: Bom Dia Piedade
Um homem de 49 anos de idade foi flagrado pela Polícia Rodoviária dirigindo uma Brasilia bastante embriagado pela rodovia SP-79 na tarde desta sexta-feira (5). 


Segundo a Polícia Rodoviária o fato se deu por volta às 13h03min. O Cabo Daniel e o Soldado Hudson estavam na Base Operacional da corporação junto à rodovia SP-79 e viram passar uma Brasilia branca em alta velocidade e muito próxima de um outro carro que estava à frente.

Imediatamente os policiais embarcaram na viatura, seguiram a Brasilia, deram ordem de parada ao motorista que obedeceu e encostou o carro a cerca de 200 metros adiante da base. Logo que se aproximaram do automóvel os rodoviários sentiram o forte odor de álcool exalado pelo condutor, que também tinha a fala pastosa, estava sonolento e com os olhos avermelhados.

O indivíduo foi submetido ao teste do bafômetro, cujo aparelho aferiu a impressionante marca de 1,64 miligramas de álcool por litro de ar dos pulmões (mg/lt). Para se ter uma noção do alto grau de embriaguez do motorista da Brasilia, o mínimo para que um condutor de veículo motorizado seja preso é de 0,33 mg/lt. Ou seja, o índice aferido pelo etilômetro estava cinco vezes superior a este teor.

O homem de 49 anos de idade foi conduzido à Delegacia de Polícia de Piedade, onde se negou a colher uma amostra se sangue como contraprova ao exame de alcoolemia. Diante da situação, o Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior determinou que o motorista fosse indiciado por embriaguez ao volante, arbitrou fiança de R$ 937 a qual foi paga e o réu responderá ao processo em liberdade. A Brasilia foi entregue a um condutor devidamente habilitado e comprovadamente sóbrio. Foram aplicadas multas ao motorista embriagado  - que tee sua carteira de habilitação apreendida - cujos valores que somados ultrapassam o montante de R$ 3.500. 





Nenhum comentário:

Postar um comentário