expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - LIFAN

JET MOTORS - LIFAN
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Polícia Militar detém acusados de agredir e furtar adolescente

Dois homens foram detidos pela Polícia Militar após serem acusados de agredir uma adolescente de 16 anos de idade, numa lanchonete no bairro dos Leites, na noite deste domingo(23). Um dos indivíduos é apontado também como a pessoa que surrupiou um par de brincos, pulseira e a corrente da vítima em meio à confusão. Inquérito aberto pela Polícia Civil irá apurar o ocorrido. Os acusados foram ouvidos e liberados.


Conforme informações obtidas junto à Polícia Militar os fatos tiveram início por volta das 19h50min, do domingo. A estudante de 16 anos de idade, que estava numa lanchonete no bairro dos Leites, alega que um homem de 36 anos de idade começou a importuná-la e num certo momento teria passado a mão em suas nádegas. Ainda segundo a jovem, ela reagiu à ação do indivíduo, o empurrou, em seguida um amigo dele a agrediu com um soco em sua nuca, derrubando-a ao chão e a garota passou a ser agredida com chutes pelos dois homens. 

Uma mulher de 36 anos que estava no local interviu, pulou sobre a vítima para protegê-la e a dupla, saiu correndo da lanchonete levando um par de brincos, uma pulseira e uma corrente  da moça. A Polícia Militar foi acionada pelo 190, o Cabo Dias, Soldados Roberto e Campanholi seguiram para o bairro dos Leites, entraram em contato com a jovem agredida, encaminharam-na à Santa de Misericórdia, onde ela recebeu os devidos cuidados médicos e recebeu alta hospitalar.

Os PMs relatam que efetuaram buscas pela localidade onde se deu o delito e lá encontraram um dos acusados, aquele que teria importunado a jovem. Ao revistar o suspeito os militares localizaram um par de brincos num dos bolsos de sua calça. Posteriormente os brincos foram reconhecidos pela vítima como sendo aqueles que haviam sido subtraídos no momento da agressão. O outro acusado, este de 24 anos de idade, foi localizado em sua casa. O suspeito foi revistado e nada de ilícito ou suspeito foi encontrado com ele. 

Os dois indivíduos, a testemunha - a mulher que defendeu a adolescente no momento da agressão -  e a vítima foram conduzidos à Delegacia de Polícia. Após um escrivão da Polícia Civil ouvir as partes envolvidas no ocorrido, sendo que os acusados negaram as acusações feitas a eles, o Delegado Dr. Milton Andreolli determinou abertura de inquérito de furto e lesão corporal para melhor apurar os fatos. Após isto as os acusados foram liberados. Os brincos apreendidos seriam devolvidos à vítima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário