expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

Lifan X60

Lifan X60
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

sábado, 1 de julho de 2017

Polícia Militar prende dois homens e apreende revólveres, espingardas e munições após briga entre familiares

Revólveres, espingardas e munições apreendidos pela
Polícia Militar
Foto: Bom Dia Piedade
Um homem de 62 anos de idade pagou fiança para reconquistar sua liberdade e um outro de 42 anos ficou preso numa ação da Polícia Militar que resultou ainda na apreensão de três revólveres, duas espingardas e dezenas de munições calibres 32 e 38. A ocorrência - motivada por uma briga entre membros de uma mesma família - começou no início da manhã da sexta-feira (30) e se estendeu ao longo de todo o dia.


Os fatos tiveram início 8h32min desta sexta-feira, com uma equipe da PM - Cabo Thomazette, Soldados Camargo e Letícia - se dirigindo à Santa Casa de Misericórdia de Piedade, onde estava sendo atendida uma mulher que havia sido agredida. A vítima relatou aos policiais que teria sido um tio dela o agressor e que esta pessoa teria armas de fogo em sua casa. 

OS PMs seguiram para a residência do suspeito, situada na área rural de Piedade, efetuaram buscas pelo imóvel, nada encontraram de ilícito e seguiram para a Delegacia de Polícia para registrar a ocorrência da lesão corporal sofrida pela mulher que estava no hospital. Ao chegarem no distrito policial se depararam com o homem que teria agredido a sobrinha e familiares dele. O indivíduo foi revistado, bem como seu carro, porém, novamente não foi encontrada nenhuma arma. 
Foto: Polícia Militar

Passado algum tempo um Fiat Palio estacionou em frente à delegacia. Dentro do veículo estavam dois casais, dentre estas pessoas, a vítima da agressão que motivou a intervenção da PM. Nova revista foi feita, desta vez, no carro onde chegaram aquelas quatro pessoas e então, Cabo Thomazette, Soldados Letícia e Camargo localizaram um revólver Rossi calibre 38 (numeração suprimida) municiado com cinco projéteis intactos e outras 12 munições 38 também intactas sobre o banco traseiro do Palio. Um dos ocupantes do carro tinha um projétil calibre 38 não deflagrado em seu bolso.

O homem de 42 anos de idade, passageiro do Palio, assumiu ser o dono da arma e das munições. Diante disto foi dada voz de prisão a ele, que por determinação do Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior, foi indiciado por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito (crime inafiançável) e ficou detido na Delegacia de Polícia local até que fosse transferido pela Polícia Civil para uma unidade prisional da região.

Os PMs questionaram as outras pessoas que estavam no Fiat Palio sobre a existência de outras armas de fogo. Um outro homem, este de 62 anos de idade, assumiu que possuía um revólver. Uma outra equipe da PM, com o Cabo Azevedo e o Soldado Rafael seguiram para a residência do idoso e lá encontraram um revólver Taurus calibre 32 e oito munições calibre 38 intactas sobre o guarda-roupa. Na casa do homem que havia ficado preso havia sete projéteis calibre 38 deflagrados  e um "picotado" (munição que falha ao ser disparado o tiro).

O revólver e as munições foram apreendidos e foi dada voz de prisão ao dono do armamento. O idoso foi conduzido à delegacia e indiciado por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido. Foi arbitrada fiança de R$ 1.800, a qual foi honrada e o réu responderá ao processo em liberdade. 

Outras duas casas nas proximidades daquela onde estava o revólver calibre 32 foram revistadas. Numa delas havia uma espingarda antiga sem marca e numeração, cujo dono faleceu recentemente. Em outra moradia foram localizadas uma espingarda Rossi calibre 28 e uma garrucha Rossi, ambas devidamente identificadas, contudo, com seus registros vencidos. No total foram apreendidos dois revólveres, uma garrucha, duas espingardas e 33 munições na ação da Polícia Militar. Os armamentos ficaram sob a custódia da Polícia Civil. O Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior determinou  abertura de inquérito para apurar os fatos. A ocorrência só foi encerrada no início da noite.


Nenhum comentário:

Postar um comentário