expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!

AQUI EU MORO, AQUI EU COMPRO. SÃO 7 MOTOS!
Prestigiar o comércio local é valorizar a si mesmo

Santa Rosa

Casa de Rações NASKASA

Casa de Rações  NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Nossa Ótica

Nossa Ótica
Qualidade sempre!

Clinica Stima

Clinica Stima

JET MOTORS - LIFAN

JET MOTORS - LIFAN
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR

domingo, 13 de agosto de 2017

Mulher é morta em assalto a residência nos Garcias

Uma mulher de 47 anos de idade foi morta por estrangulamento, em sua casa, num assalto ocorrido na noite deste sábado (12), no bairro dos Garcias. Rita de Cássia Aires da Rosa, foi encontrada já sem vida pelo marido que tinha ido à igreja. Os criminosos levaram todo sistema de videomonitoramento instalado na chácara que fica junto à estrada municipal Carolina Paes Granjeiro (estrada da represa).

De acordo com informações obtidas junto às autoridades policiais, o esposo da vítima saiu por volta das 19 horas para participar de um culto no bairro Campinhinha e a deixou sozinha em casa. Ao retornar, por volta das 22h55min, encontrou a porta da cozinha aberta, chamou pela sua mulher e não obtendo resposta subiu correndo para o quarto do casal.

Rita de Cássia estava deitada de lado na cama, com as pernas, braços e pulsos amarrados com fios elétricos  e com o cabo do mouse do computador. Também havia um cabo elétrico no entorno do pescoço dela. A mulher tinha hematomas no olho esquerdo, no nariz, nos tornozelos e pulsos. Ao virar sua esposa para soltá-la das amarras ele constatou que ela estava morta.

Os assassinos levaram todo equipamento do sistema de videomonitoramento, o gravador de imagens (DVDr), dois monitores (Samsung de 34" e Positivo de 21"), celular Samsung J7, dois notebooks (Samsung e Positivo).

A Polícia Militar (PM) foi acionada, o Cabo Dias e os Soldados Roberto Campanholi foram ao local. Equipes da PM efetuaram buscas por toda região, mas, nenhum suspeito foi localizado. O Delegado Dr. Milton Andreolli esteve na residência onde se deu o latrocínio, deu início aos trabalhos de investigação e determinou a abertura de inquérito para apurar o ocorrido. Ainda não há pistas dos autores do crime.

Peritos da Polícia Científica compareceram ao local, colheram dados e imagens ara elaboração de laudo pericial. O corpo de Rita de Cássia Aires da Rosa foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Sorocaba para realização de exame necroscópico. Até a publicação desta matéria não havia definição sobre o velório e sepultamento da vítima.

Caso alguém tenha qualquer informação que possa levar à identificação e ao paradeiro dos autores do latrocínio (roubo com a morte da vítima), pode ligar para o disque denúncia 181 (ligação gratuita e sigilo absoluto).

2 comentários:

  1. Muito bem, não bastassem roubos e furtos agora chegamos a modalidade latrocínio. Onde estão as autoridades do nosso município para pelo menos dizer que tem algum projeto para melhorar a segurança pública? Cidade turística?

    ResponderExcluir
  2. Lamentável, nem no interior se tem paz para morar agora no Brasil.

    ResponderExcluir