expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Fazenda Santa Regina

Fazenda Santa Regina
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR!
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Rações NASKASA

Rações NASKASA

Ótica Piedade

Ótica Piedade
Curta nossa página no Facebook

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Clinica Stima

Clinica Stima

Jet Motors, certeza da melhor compra!

Jet Motors, certeza da melhor compra!
CLIQUE NA IMAGEM PARA CONFERIR!

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Caminhão com matriz de documento roubado é apreendido pela Polícia Rodoviária

O veículo apresentava outras irregularidades. Devido à falta de local adequado para mante-lo apreendido o caminhão foi entregue à responsabilidade do motorista, conforme determinação do Delegado Milton Andreolli.

A ocorrência teve início por volta das 5h20min desta segunda-feira (23), momneto em que o Cabo Márcio e o Soldado M. Silva desconfiaram de um VW 24.250 prata 6x2 2009 com placas de Salto de Pirapora que havia estacionado em frente à Base Operacional da Polícia Militar Rodoviária de Piedade.

Ao averiguarem a situação do veículo motorista os policiais constataram que havia uma discrepância no tipo de carroceria, pois, que no registro junto ao DETRAN constava como carroceria aberta e o caminhão que estava equipado com compartimento de carga fechado modelo 'baú'. Além disso no sistema de registro do departamento de trânsito a licença estava vencida desde 2016, mas, no CRLV (certificado de registro de licenciamento de veículos) apresentado pelo motorista o caminhão estaria licenciado em 2018.

Número da matriz (espelho) do documento de
porte obrigatório 
apontou que o impresso tinha sido
roubado quando ainda não estava preenchido

Foto: DETRAN divulgação
Devido às divergências foi feita nova consulta no sistema PRODESP. Desta feita do número da matriz do documento de porte obrigatório, constou que  o impresso original do CRLV ou o "espelho" como também é denominado, havia sido roubado em branco - sem preenchimento dos dados do veículo - no dia 1 de julho de 2015 na cidade de Miracatu. Ou seja, pela numeração do chassi o caminhão não estava com queixa de furto ou roubo, porém, além de estar com licenciamento, tinha aquele documento porte obrigatória uma matriz, ou um impresso, de procedência ilícita.

O motorista do VW 24.250 alegou que havia pago R$ 8.500 para um conhecido na cidade de Juquiá para regularizar a documentação do caminhão. Diante de tais irregularidades os policiais rodoviários efetuaram a apreensão do veículo, conduziram-no juntamente com o motorista à Delegacia de Polícia de Piedade, onde o Delegado Dr. Milton Andreolli determinou a abertura de inquérito para melhor apuração dos fatos, no qual o motorista de 35 anos de idade é uma das partes investigada. 

Devido à falta de local apropriado para manter o caminhão apreendido o delegado determinou que o veículo fosse entregue ao motorista como fiel depositário. O CRLV foi apreendido.


Nenhum comentário:

Postar um comentário