expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Fazenda Santa Regina

Fazenda Santa Regina
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR!
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Rações NASKASA

Rações NASKASA

Ótica Piedade

Ótica Piedade
Curta nossa página no Facebook

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Clinica Stima

Clinica Stima

Jet Motors, certeza da melhor compra!

Jet Motors, certeza da melhor compra!
CLIQUE NA IMAGEM PARA CONFERIR!

quarta-feira, 2 de maio de 2018

Agricultor é preso acusado de quebrar o nariz da amásia com uma marreta

Havia cabelo da vítima embrenhado
no cabo da marreta apreendida
pela Polícia Militar

Foto: Divulgação PM
O flagrante de violência doméstica se deu pouco depois das 21 horas do sábado (28), com o Cabo Paião e  o Soldado Roberto acionados pelo COPOM (Central de Operações da Polícia Militar) para verificar uma denúncia de que uma mulher teria sido agredida no bairro do Poço, trecho inicial da estrada dos Lavradores.

Ao chegarem no bairro os policiais foram informados que a vítima tinha sido levada para a Santa Casa de Piedade por vizinhos, já o suspeito estava em sua casa. Logo que a viatura da PM se aproximou de sua residência o agricultor se apresentou e contou sua versão da história. 

Foto: Divulgação PM
O agricultor de 38 anos de idade contou que ele e sua amásia haviam bebido, fumado maconha, que ela teria passado mal e caído ao chão. Ao tentar ajudá-la a mulher teria reagido com violência, saiu da casa, pegou uma marreta e passou a quebrar as portas do imóvel. O agricultor alegou que tentou contê-la, mas, o cabo da marreta teria atingido o nariz de sua companheira. O indivíduo foi detido pelo militares para melhor averiguação dos fatos, seguindo então para a Santa Casa.

Foto: Arquivo BDP
A autônoma de 28 anos de idade relatou que o casal estava jantando e bastou ela dizer que iria deixá-lo, pois, iria embora da casa, seu namorado passou a agredi-la com tapas, socos, até que pegou a marreta e acertou seu nariz com a ferramenta. A vítima fugiu, pediu socorro aos vizinhos, que a levaram para o hospital.

A mulher teve o nariz fraturado e após receber alta foi conduzida à Delegacia de Polícia juntamente com o suspeito. Junto à marreta apreendida havia alguns fios de cabelo da vítima, segundo os policiais.

Após ouvis as partes envolvidas o Delegado de Polícia Dr. Paulo Sérgio Garcia determinou que o agricultor fosse indiciado com base na Lei Maria da Penha, arbitrou fiança de R$ 2 mil ao réu que foi transferido para o plantão policial de Sorocaba, uma vez que a fiança não foi paga. O acusado seria submetido a audiência de custódia, nesta quarta-feira (2).

Nenhum comentário:

Postar um comentário