expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Fazenda Santa Regina

Fazenda Santa Regina
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR!
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Rações NASKASA

Rações NASKASA

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

Ótica Piedade

Ótica Piedade
Curta nossa página no Facebook

Clinica Stima

Clinica Stima

Jet Motors, certeza da melhor compra!

Jet Motors, certeza da melhor compra!
CLIQUE NA IMAGEM PARA CONFERIR!

sexta-feira, 15 de junho de 2018

Inauguração de creches deve zerar fila de espera por vagas

Segundo a Secretaria de Educação de Piedade,  com a inauguração da creche modelo (foto) que receberá o nome da Professora Lêda Freire Gomes, no Parque da Torre, a 'fila de espera' por vagas no município vai acabar.

Nesta sexta-feira (15) acontece a inauguração de duas creches no município.  As obras serão entregues pela Secretaria Municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer. A solenidade contará com as presenças de autoridades municipais representando os poderes Executivo e Legislativo e de educadores

CLIQUE NA IMAGEM PARA AMPLIAR
Pela manhã neste 15 de junho, se deu a inauguração da reforma e adequação da Creche do Bairro dos Leites. à tarde, em cerimônia prevista para às 15 horas, será inaugurada a Creche CEMEI "Prof.ª Lêda Freire Gomes", no Parque da Torre, que foi viabilizada na gestão da Prefeita Maria Vicentina Godinho Pereira da Silva. Com a entrega desta unidade escolar, a Secretaria de Educação informa que a cidade de Piedade consegue zerar a demanda de vagas de creche no município.

Além das inaugurações já citadas, a Administração Municipal executa obras em outras duas creches da Rede Municipal de Ensino que também serão entregues à população em breve. Uma localizada no Bairro dos Pintos e outra no Bairro Roseira.


Foto: Arquivo da família
A homenageada - Lêda Freire Gomes (foto) atuou por 50 anos como educadora. Aos 20 anos formou-se Pedagoga, deu início à sua carreira de Professora no ano de 1958, no Ginásio Oxford, bairro do Brooklin, em São Paulo. Em 1963 muda-se com sua família para Piedade. 

Já como 'piedadense', a Professora Lêda leciona nas escolas 'Maria Angerani Scalamandré", em Ibiúna e "Daniel Verano", Votorantim, depois como professora de Artes, Educação Artística e Educação para o Trabalho, em Piedade nas escolas: "Carlos Augusto de Camargo", "Cônego José Rodrigues de Oliveira", "Maria Paula de Ramalho Paes", "Theodora de Camargo Ayres", "Maria Ignes Araújo Paula Santos", "Maria Helena Sikorski Cerqueira César", no bairro da Roseira, "Miguel Pires Godinho", bairro Ortizes, "Maria Tereza Espírito Santo", bairro Godinhos.

Dona Lêda, como era carinhosamente chamada, foi Coordenadora de Ensino da Escola Tessari, foi Diretora das escolas estaduais "Clementino Vieira Cordeiro", no bairro Jurupará e “Glauca Camargo de Ramalho Aranha”, no bairro Cotianos. Por onde passou, buscou o melhor de cada aluno, realçando suas qualidades, contribuiu para a boa formação ética e moral, a fim de torná-los acima de tudo cidadãos capazes de contribuir para um mundo melhor, permitindo que os jovens educandos tivessem acesso a qualificação profissional em diversas áreas e, assim pudessem conquistar seu espaço no mercado de trabalho.

Na década de 1990 contou com total apoio da então Dirigente Regional de Ensino, a  amiga e Professora Maria Vicentina Godinho Pereira da Silva, para a implantação da pioneira classe do Telecurso 2º grau, a qual permitiu que centenas de adultos pudessem completar os estudos que haviam abandonado pelos mais variados motivos.

A atuação da convicta cidadã Lêda foi além das salas de aula, pois, dentre outras ações atuou junto com a comunidade na fundação da Creche da Vila Bom Pastor, foi uma das fundadoras da APAE - entidade que ironicamente está prestes a encerrar suas atividades - e da Casa da Cultura "Paulo de Andrade". 

Como vereadora entre os anos de 1997 e 2000, dentre algumas de suas ações, foi autora do Projeto de Lei que instituiu a Tribuna Livre para os cidadãos na Câmara Municipal de Piedade. 

Sempre obstinada em busca de seus objetivos, que na verdade visavam beneficiar seus semelhantes, uma das conquistas que julgava mais importantes, além do privilégio de ter contribuído na educação de milhares de jovens, foi poder transformar, com a ajuda de muitos - contra vontade de alguns - a realidade da antiga escola do bairro da Liberdade, que funcionava em prédio bastante acanhado junto ao clube Kai-Kan – aliás, era a colônia japonesa local que cedia o imóvel. 

Com muito empenho, transpondo várias e difíceis barreiras políticas, a unidade escolar que funcionava em prédio improvisada passou para o prédio na Vila Moraes, a Escola Estadual “Maria Ignês Araújo Paula Santos”, que atende a centenas de estudantes.

Nascida em 07 de fevereiro de 1937, registrada em cartório com o nome de Lêda Medeiros de Abreu Freire, somente no dia 18 de junho daquele ano foi obrigada - por imposição legal - se aposentar em junho de 2007, quando completou 70 anos de idade. A indesejada aposentadoria compulsória foi um duro golpe para quem atuou por cinco décadas como educadora. 

A admirável Professora Lêda Freire Gomes partiu para outro plano espiritual no dia 26 de março de 2014, contudo, seus ideias, seus ensinamentos e sonhos permanecem vivos em cada um daqueles que teve o privilégio de com ela conviver. Este legado que está representado nos milhares de estudantes - seus filhos, netos... - que receberam seus ensinamentos deste ser humano exemplar.

2 comentários: