expr:class='"loading" + data:blog.mobileClass'>

Fazenda Santa Regina

Fazenda Santa Regina
CLIQUE NA IMAGEM PARA ACESSAR!
Contato: piedadenoticias@hotmail.com

Rações NASKASA

Rações NASKASA

Ótica Piedade

Ótica Piedade
Curta nossa página no Facebook

Casa Pinus Multicoisas

Sinhá Moça

Jet Motors, certeza da melhor compra!

Jet Motors, certeza da melhor compra!
CLIQUE NA IMAGEM PARA CONFERIR!

ALPHA TRANSITO - Recursos de Multas

terça-feira, 17 de abril de 2018

Reincidente - Homem é preso pela Polícia Militar após agredir mulher com cadeiradas e ameaçá-la de morte com machado


Machado com o qual o indivíduo preso teria ameaçado sua ex-comapnheira
Foto: Polícia Militar
O lavrador de 47 anos de idade reincidente em lesão corporal com base na Lei Maria da Penha deixou a prisão a cerca de oito meses e desobedeceu ordem judicial que protegia a vítima e sua filha.


Os fatos tiveram início na manhã desta segunda-feira (16), no bairro Sarapuí dos Godinhos. O lavrador Roberto Rivelino Mariano, 47 anos, desobedeceu ordem judicial a qual determinava que ficasse afastado de sua ex-esposa e de sua filha. Por volta das 10 horas ele invadiu a casa da mulher com quem conviveu por sete anos, sentou-se no sofá dizendo que tinha ido visitar sua filha. Nos oito meses que esteve em liberdade o indivíduo não havia criado qualquer problema, até então.

Cadeira se quebrou  os golpes aplicados contra a mulher
Foto: Polícia Militar
Temendo pelo que pudesse vir a acontecer, uma vez que seu ex-marido estava embriagado - a mulher foi à casa de seu patrão e pediu para que ele ligasse para a Polícia Militar dando conta da visita indesejada e retornou para sua moradia.

O invasor tomou a filha no colo e disse que iria dar banho na menina, neste momento, a mãe tirou a garotinha dos braços do pai, atitude que o deixou transtornado. Segundo a vítima o lavrador passou a agredi-la com uma cadeira, atingindo-a em várias partes do corpo e cabeça. A cadeira ficou toda quebrada.

Machucada a vítima correu em busca de um local seguro, mas, antes viu Roberto pegar um machado e ameaçá-la dizendo: "Volte aqui que eu vou te matar". A viatura da Polícia Militar com o Cabo Dias e o Soldado Silva chegou ao local pouco depois e prendeu o lavrador ainda dentro da casa da vítima.

O indivíduo foi conduzido à Delegacia de Polícia de Piedade, onde o Delegado Dr. Oscar Garcia Machado Júnior determinou pelo indiciamento de Roberto Rivelino Mariano por lesão corporal, ameaça, descumprimento de medida protetiva de urgência e violência doméstica. O lavrador foi preso e encaminhado para o Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. A mulher passou por atendimento na Santa Casa de Misericórdia de Piedade, onde foi examinada, recebeu os devidos cuidados da equipe médica de plantão e foi liberada.